quarta-feira, 4 de abril de 2018

Ordem das Cinzas Amargas

Vampiros que beberam do Santo Graal?
     Outrora Cruzados, estes cavaleiros encontraram um homem misterioso no último dia de 1099 nos portões de Jerusalém. ele tinha uma marca estranha em sua cabeça, e abraçou a todos. Seguindo suas instruções eles encontraram o Santo Graal e beberam do verdadeiro sangue de cristo. Deste dia em diante, a maldição de caim em seu sangue foi erguida, mas a força dos homens aumentou 10 vezes, e eles travaram uma incessante campanha contra os trabalhos do demônio no mundo.
     Os hereges oram para quaisquer deuses que possam encontrar em seus livros profanos para que esta ordem seja uma mera lenda inventada nos dias do frenesi de sangue das Cruzadas. Mesmo os endurecidos carniçais da Curia Carmesim hesitam em mencionar seu nome, especialmente para os cainitas aos quais servem. Mas se a ordem não é real, ainda assim pode afetar os afazeres dos vampiros e dos mortais. Cainitas trovadores há muito entoam canções de misteriosos cavaleiros que brilham com uma luminosidade interna e que desferem golpes de força incomum contra os seguidores de Baal. Agora , relatos fragmentados colocam estes mesmos cavaleiros nas cenas mais inexplicáveis nos registros da Heresia. Uma Abadia no Vaud engolida por um poderoso terremoto, um arcebispo carniçal crucial quebrando seu laço de sangue e contando tudo depois e ouvir a confissão de um cavaleiro, monstruosos guardiões na fronteira bogomil encontrados mortos sem quaisquer ferimentos. Tudo isso e mais está nos registros mantidos pelos membros de confiança dos líderes da Heresia.

Fonte: Heresia cainita pág 76

Nenhum comentário:

Postar um comentário