quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Alexis/ Danya - Red List



 By Acodesh,do Kindred Most Wanted 

     No início do século 18 a maioria dos pessoas na Rússia vivia na pobreza e abandono, sem esperanças de melhorar de situação. Entretanto para Alexis estes eram tempos privilegiados. O czar favorecera seu pai, pois se provara especialmente habilidoso em espremer até a última moeda de seus servos. Com Peter o Grande no trono, o país se desenvolveu. Ela foi um dos jovens selecionados para viajar e aprender sobre o restante do mundo.

     Alexis abraçou a visão do czar e buscou sua educação em Viena, onde estudou matemática, física, anatomia, pintura e outras técnicas da arte. Em pouco tempo a arte capturou sua atenção. Seria a isca que motivaria sua carreira imortal como a maior ladra do mundo dos trevas.

     Viena era um sonho para ela, a capital artística do mundo, com sua música, drama e academias de artes refinadas. Ela estudou arte mas logo percebeu que não possuía a inclinação nem a disciplina para perseguí-la com vigor. Ela flertava passando suas noites entre os odiosos abastados da cidade que a consideravam uma bárbara civilizada e de beleza exótica. Ela usou seus dotes e encantos ao máximo. Alexis achou excitante roubar um bracelete de um rival para conseguir a atenção de um rapaz. Em pouco tempo seus furtos, cada vez mais ousados, colocaram a elite da sociedade de Viena em alvoroço. Suas intrigas com sucesso desviavam todas as suspeitas.

     Seu brilhantismo ficava evidente em seus furtos. Sua sagacidade era tamanha que chamou a atenção de membros, embora nem mesmo eles pudessem ligá-la aos crimes. Os Toreador ficaram intrigados,  os Ventrue se sentiram insultados.

     Quando faltava apenas uma semana para seu retorno a Moscow, Alexis conheceu um homem silencioso numa festa e instantaneamente se apaixonou. Ela não tinha como saber que o belo forasteiro era um vampiro do clã Ravnos, um que havia sido repreendido pelo governante Tremere a se manter na linha. Alexis com seus cabelos ruivos e olhos verdes brilhantes seduziu o Ravnos. Ele saiu da festa com ela, desejando apenas se alimentar.

     Alexis tinha seus próprios planos. Impressionada com o porte nobre do homem, decidiu usar seu charme para intoxicá-lo. Ele se deleitou na intensidade de Alexis conforme esta o confidenciava os segredos mais profundos da arte do arrombamento. Ao invés de se alimentar  dela, Dimitri ficou determinado a ver até onde ia sua paixão pelo crime.

     Quando Dimitri retornou para ela na noite seguinte, Alexis mostrou tudo que havia roubado. A coleção de jóias e broches era modesto em tamanho mas superlativo em valor. Demitir, ao ver que havia encontrado alguém perfeito para ser moldado num ravnos, ficou maravilhado.

     Alexis não retornaria para Moscow. Dimitri a contou quem era, o que havia visto, e que a amava. Alexis nem o deixou terminar de falar, já estava implorando pelo abraço. Na lânguida noite de Viena, ele a trouxe para o outro lado.



Sua não vida


     Se Alexis tinha um fogo em seu corpo mortal, a chama evoluiu para uma conflagração de avareza e capricho, depois de ter se tornado uma vampira. Entretanto Dimitri a alertou de que Viena seria um lugar inseguro para se permanecer. Na verdade, seus encontros com os Tremere colocavam Dimitri numa posição tênue ao extremo. Alexis percebia Dimitri estava escondendo algo dos tremere. As histórias que Dimitri contava sobre traições Tremere a preocupavam, e assim ambos fugiram para Paris.

     Alexis e Dimitri foram um sucesso desde o momento em que puseram os pés em Paris. Em pouco tempo Alexis aprendeu a se disfarçar para evitar suspresas russas, e aprendeu a construir perucas, elaborar maneirismos e usar maquiagens que mudariam sua aparência. O teatro de Paris chamou sua atenção como a arte nunca conseguiu.

     Contudo Dimitri negociava muito mais do que bens humanos. Ele negociava vampiros estacados para o diabólico mercado de sangue que crescia em função de disputas internas dos Giovani. Também negociava disciplinas, muitas das quais aprendera com suas vítimas capturadas. Com sua ajuda Alexis dominou as sutilezas da disciplina ofuscação e de outras disciplinas.

     Entretanto foi neste período que Alexis se desiludiu a respeito de Dimitri. Seu comércio de carne e sangue não ofendida sua sensibilidade, mas tais práticas não tinham o glamour e beleza artística contidas em sua carreira prévia. Ela passou a considerá-lo como um grosseirão, mas dependia dele para sua proteção.

     Assim, Alexis passava todo tempo possível longe dele. Depois de elaborar o disfarce feminino perfeito, adotou o nome Danya e começou a se misturar com os Toreador de Paris, os impressionando com sua devoção pela arte e com os maneirismos de poseur. De sua parte os Toreador a consideravam uma boboca, mas sua beleza e charme eram refinados, e assim eles a permitiram ficar diante de sua presença superior.

     Os Toreador impressionaram Danya. Ela começou a desejar ter sido abraçada por eles e se ressentia de Dimitri ainda mais. Dimitri entretanto sentiu esta mudança e imediatamente a submeteu ao laço de sangue. Ela lutou amargamente contra o laço, mas não conseguiu quebrá-lo. Dimitri agora assumia um papel mais sinistro,  determinando como ela deveria viver e o que tinha que fazer por ele. Nesta situação de escravidão Alexis o ajudou a roubar Paris e outras cidades européias durante todo o século seguinte.

    Seu sucesso atraiu mais do que atenção casual dentro da Camarilla,  que agora reconhecia haver imortais envolvidos. Os Tremere usaram um ritual para buscar pistas de sua identidade, mas falharam em encontrar qualquer coisa concreta. Os Toreador estavam irados com seus roubos em Paris, Florença e outras cidades dominadas pelo clã. Eles enviaram seus melhores investigadores, seus mestres mais habilidosos da disciplina Auspícios para que encontrassem os ladrões. Os investigadores eventualmente chegaram em Danya mas falharam em penetrar seu disfarce sombrio e descobrir sua verdadeira identidade.

     Envergonhados de que Danya,  a quem consideravam como uma boboca os estivesse roubando bem debaixo de seus narizes, os Toreador elaboraram uma vingança repleta de intriga e beleza artística . Os outros clãs estavam relativamente ilesos, estavam mais intrigados do que irritados.  Eles silenciosamente recusaram envolver-se num assunto tão trivial, concentrando-se nos desaparecimentos de anciões (nas estacas de Dimitri  e seu mercado de Sangue). Os toreador estavam por conta própria.

     Eles elaboraram um plano para  trazer os dois bandidos de volta para Paris. Para isca usaram um concerto manuscrito original do próprio Mozart,  desconhecido dos mortais, e certamente de muitos imortais. O grande compositor havia escrito o manuscrito para um ancião Toreador que conhecera em Salsburg. O manuscrito era precioso para os Toreador, mas eles estavam desesperados para trazer os ladrões de volta e recuperar seus tesouros únicos.

     Até este ponto as atividades sombrias de Dimitri ainda eram indetectáveis, fato que impediu o resto dos membros de cair sanguinariamente sobre ele e Alexia. Quando Dimitri soube do concerto de Mozart, decidiu retornar para Paris para procurá-lo.

     De alguma forma Alexis sentiu a armadilha. Ela tentou convencer Dimitri a não retornar para o domínio dos Toreador, mas ele ridicularizou o temor de Alexis. Ele acreditava que sua não vida era encantada e que poderia continuar roubando impunemente para sempre. Dimitri fez os preparativos e ambos voltaram para Paris.

     Alexis conhecia o tipo de criatura que estavam enfrentando, sabia que estaria destruída em uma semana se não tomasse todas as precauções possíveis. A primeira coisa que fez foi assumir a personalidade Danya. Embora ela e Dimitri tenham encontrado membros do clã governante diversas vezes nas noites seguintes, os ancioes Toreador queriam muito mais do que sua captura. Queriam superar os ladrões, e queriam fazê-lo na frente do clã inteiro. Com este objetivo anunciaram uma grande festa para o clã.

     Alexis avaliou o prédio onde a festa ocorreria. Ela nunca havia estado no lugar e o visitou sob o pretexto de socializar com os Toreador que arrogantemente (e não muito habilmente) confirmaram suas suspeitas. Sempre uma mestra da fofoca, Danya usou suas habilidades para extrair informações dos Toreador. Conforme sorria e ficava de conversa fiada com os membros, ela elaborou um plano para escapar, sabendo que poderia se livrar de Dimitri se pudesse cair fora.

     Ela precisava de uma distração, Dimitri seria suficiente. Tendo excesso de confiança e ignorando seus alertas sobre a festa, Alexis convenceu a Dimitri de fornecer a distração, explicando que poderia passar despercebida, conseguir o manuscrito e retornar antes que notassem sua falta. Ele concordou, mas não antes de fazê-la beber de seu sangue para fortalecer seu laço.

     Ela descobriu que a festa era tudo que ela sonhara que a vida entre os mortos vivos pudesse ser. Os Toreador abraçam aqueles que já vem sendo observados pelo clã: artistas e músicos talentosos demais pata serem desperdiçados no túmulo.

     Durante uma das danças,  Dimitri agiu. O sangue fluindo,  misturado com vinho e champanhe, deixou tonto muitos convidados. Este foi portanto o papel que Dimitri escolhera para si: ele trombou em um dos anciões Toreador de mais prestígio, derrubando a ambos ao chão. Carniçais de mexeram para investigar imediatamente. Tomando vantagem do caos, Danya usou sua Ofuscação e Quimerismo para se transformar em Alexis. Ela retornou para a dança de forma tão sutil tal como saiu, simulando perfeitamente uma impostora Toreador.  Os carnicais se mobilizaram rapidamente para cobrir todas as saídas. Ela observava quando Dimitri fora cercado, e por um estranho momento ficou esperando que ele a chamasse para ajudá-lo. Se ele não a reconheceu ou se quis que ela escapasse, ela nunca saberá, embora tenha visto que Dimitri olhou para ela. Quando Dimitri percebeu que os toreador o tinham pego, entrou em frenesi, forçando os carniçais a estacá-lo
     Sem um momento a perder Alexis usou velas para atear fogo nas cortinas luxuosas. O fogo subiu e se espalhou rapidamente. Fumaça preencheu a sala. Os Toreador que não estavam fugindo para as saídas num frenesi de temor corriam para salvar os objetos de arte de valor inestimável ameaçados pelas chamas famintas.
     Os Toreador estavam dispersos, aterrorizados com o fogo. Alguns ficavam olhando pelo lado de fora. Os poucos carniçais que não estavam lutando contra as chamas estavam vasculhando o local com armas em mãos. Se preparando mentalmente para fazer algo difícil, ela se ofuscou e subiu as escadas correndo, determinada a roubar o que veio procurar. 
     Ela se moveu pela casa como num sonho, ouvindo os gritos dos Toreadores frustrados nas ruas. Conforme invadia os cômodos, sentiu o calor do fogo no chão e sabia que o andar inferior estava dominado pelas chamas. Por fim encontrou o manuscrito num mostruário de vidro antigo. Janelas e balcões, que não eram estranhos para ela, forneceram sua saída. Usando sua disciplina metamorfose Alexis se transformou em névoa e se deixou levar junto com a fumaça para o céu de Paris. 
     Durante os séculos Alexis não conseguia evitar, sua compulsão por roubar é forte demais para ser suprimida por muito tempo. Ela ainda é uma ladra, e desenvolveu um conjunto de habilidades para serem somadas com suas respeitáveis disciplinas. Por fim ela retornou a seu disfarce de Danya e realiza muitos de seus roubos usando esta personificação. Alexis aperfeiçoou um grande repertório de personificações de modo a tornar praticamente impossível identificar a pessoa real por trás delas. Alexis está orgulhosa de suas conquistas e reuniu uma fortuna imensurável em bens roubados. Seu único propósito é continuar sua carreira e manter seu título como a maior ladra que já existiu no planeta.
 Sua natureza 

     A despeito de tudo que aconteceu com Alexis, ela é tão sociável e agradável como sempre foi. Se existe felicidade na não vida vampírica, ela a defruta tanto quanto lhe é possível. Tudo e todos a divertem, especialmente os Toreador, a quem considera prima donnas arrogantes. Ela se delicia em humilhá-los em todas as oportunidades. A área mais sombria de sua vida é o destino de Dimitri. Alexis não sabe se ele escapou do fogo que iniciou, ou se está procurando por ela. Em função disso Alexis é ainda mais cautelosa. 

Seu Modus Operandi


     Alexis é a mestra do disfarce e da trapaça.  Ninguém a supera em desenvoltura e estilo. Sua lista de crimes tem milhas de distância, mas ela é muito cautelosa e faz parecer que seus furtos não têm relação uns com os outros, embora a Camarila bote a culpa nela por tudo que fora perdido, não importa quão insignificante.

     Seus furtos são tão conhecidos que em alguns círculos ser "danyado" significa que alguém tomou vantagem de você diante da vista de todos os demais. Danya roubará de qualquer um exceto dos Tremere, pois tem receio de que possam rastrear seus pertences. Alexis possui refúgios na maioria das grandes cidades. Em Nova Orleans possui uma extensiva coleção de arte que tem valor especial para ela.

     Alexis não lida com o sabat e resiste a todas as suas tentativas de contratá-la. Para auxiliá-la em sua proteção, possui agentes da lei de baixa patente em sua lista de pagamento. Ela sabiamente mantém suas propriedades diversificadas o bastante para que se tornem indetectáveis. Ela recentemente dominou os computadores e é uma hacker de primeira linha. A era da informática facilmente dobrou seus já consideráveis poderes.



Seus crimes


     Danya personifica o crime elegante. Os líderes da camarilla já perderam tanto que se alguém viesse a destruir Alexis ao invés de levá-la até eles, este indivíduo também sofreria a morte final. Estes líderes usam de bajulação, deixam armadilhas e fazem barganhas. Danya gargalhando explora cada uma destas coisas. Não importa com o que mais ela se envolva, Alexis é em primeiro lugar uma ladra. Por fim, ela levou o concerto de Mozart que roubou de Paris para que fosse tocado em festivais de música ao redor do mundo, sempre ao alcance do ouvido dos Toreador. A reação dos Toreador a esta afronta tem ameaçado a máscara. Danya não se permitirá ser esquecida.

     Interessantemente, a maioria dos toreador de quem roubou sabe exatamente qual é a sua real  aparência, mas não percebem que a bela ruiva que viram é a face real por trás de seus brilhantes disfarces


Clã que a caça



     Os Toreador farão quase qualquer  coisa para capturar Danya. As recompensas que dariam por sua captura seriam extremas. Por outro lado os Malkavianos estão tão satisfeitos que querem dar a ela uma grande festa antes que façam justiça com ela. Os outros clãs querem simplesmente pegar seus pertences de volta. Por toda a Camarila permeia uma quieta admiração por Danya. Muitos ficarão desapontados quando ela for trazida a justiça. Este sentimento pode até cimentar o caminho para auxílio nas escapadas de Danya caso uma anonimidade total possa ser garantida.



Alexis sorokin


Clã: Ravnos

Natureza: Galante

Comportamento: Brincalhona

Geração: 6a

Idade aparente 21

Físicos: força 5 , destreza 7 vigor 5

Social: carisma 7 , manipulação 7 , aparência 6

Mental: percepção 6 , inteligência 6 , raciocínio 6

Virtudes: consciência 3 , coragem 4 autocontrole 5

Talentos: atuar 4 , prontidão 4 ,esportes 3 , briga 2 , esquiva 3 , empatia 2 , intriga 2 , liderança 2, imitação 4 rastrear 3 , investigação 3 , manha 5.

Habilidades: acrobacia 6 , alteração corporal 5, subornar 4 , escalar 4, boemia 3 , dança 2 , disfarce 7 , condução 2, etiqueta 5 , escapologia 6, tagarelar 5 , falsificação 3, armas de fogo 2 , apostar 3, destrancar 6 , máscara 3, performance 3, mão leve 4 , procedimentos policiais 4, segurança 5.

Conhecimentos: história da arte 3 computador 6 , criminologia 5 , criptografia 4 , eletrônica 4 , medicina forense 4, direito 2 linguistica 4, metalurgia 2, teatro 3.

Disciplinas: auspícios  4, rapidez 5, quimerismo 6 , dominação 3, fortitude 2 , ofuscação 6, presença 3, metamorfose 5, quietus 1 , vicissitude 2

Antecedentes aliados 4 , contatos 7 , recursos 6

Humanidade 6

Força de vontade 8


Imagem: Alexis brilha com classe,  mas ainda possui um perverso senso de humor. Sua verdadeira aparência é a de uma adorável ruiva esguia com olhos verdes brilhantes. Alexis gosta de se vestir extremamente bem, mas evita a moda de rua. Ela frequentemente personifica celebridades com suas habilidades de disfarce e de mudança corporal. Sua celebridade preferida é Marylin Monroe.

 Citação: “Ah não seja tão modesto. Aquilo foi realmente brilhante de sua parte”.

Dicas de interpretação: elogie e flerte com as pessoas. Ambas as aproximações não ferem a ninguém e frequentemente te conseguem o que você precisa. Deixe a todos que encontrar com a sensação de que vocês podem ser amigos, e que te fascinam. A vida e a não vida são feitas para a diversão.

Refúgios: suas casas e propriedades.

Influência: A influência de Danya em computadores é impressionante. Ela tem grande habilidade como hacker. Danya também é uma multimilionária, e sua “coleção” vale bilhões.

Observações: o sexto nível de Quimerismo de Danya a permite manter suas ilusões mesmo quando ela própria não está por perto. Seu sexto nível de ofuscação permite que sua aura fique com tom de rosa claro.

Rumores: Marylin Monroe não morreu...você é ela (F). Jane Mansfield não morreu...você é ela (F). Você adora perturbar os Toreador (V). Elvis Presley não morreu...você é ele (F).

Observação do tradutor: Estamos ficando sem anátemas, quem diria...

2 comentários:

Shanks disse...

Tava esperando a Ravnos da red list *___*

Luk Ygnos Maxuel disse...

Pq não disse antes? Eu estava traduzindo aleatoriamente rsrs.

Postar um comentário