sábado, 22 de junho de 2019

Gulfora


Se existe algum personagem com Aparência 10 e sedução 10? Existe sim senhor!
Gulfora

Gulfora é uma das poucas succubi remanescentes na terra. Até onde sabe, ela existe há quase tanto tempo como a própria Terra. Ela alega ter sido trazida para a existência no 4º dia da criação, quando Deus criou os seres do mar e do ar. Entretanto, succubi (assim como todos os demônios) são grandes mentirosos e qualquer um que acredite em suas histórias deveria ter cuidado para não “comprar” um terreno no céu.
A história de Gulfora é longa e sangrenta. Os sumérios foram o primeiro povo a escrever sobre ela, e seus avisos cuneiformes sobre seus poderes datam de 2300 anos antes de cristo. Outras civilizações, dos egípcios aos puritanos, a temiam, e com razão. Provavelmente não há um vampiro que se compare a ela em relação ao assassinato banal – a menso que os rumores sobre Stalin e Khmer Rouge sejam reais.
Ela migrou para Chicago com o advento das estradas de ferro, em meio ao imenso fluxo de pobres e oprimidos que se expandiam pela cidade. Depois de mudar de refúgio em refúgio, Gulfora eventualmente tomou residência embaixo do Museu de ciência e indústria no Hyde Park. Embora durma lá, pode ser frequentemente encontrada nos esgotos, fazendo seu caminho para a cidade.
Gulfora difere dos vampiros em alguns aspectos. Em primeiro lugar, ela não é uma morta viva. Na verdade, ela nunca viveu. Os povos de tradições ocidentais acreditam que ela foi criada juntamente com os anjos, e que caiu da graça. Os povos de tradições orientais tendem a considera-la como uma força maligna da natureza.
A segunda grande diferença vem do fato de que ela não ganha sustento ao sugar sangue. O único modo pelo qual pode se alimentar é por relações sexuais. Portanto ela é incapaz de gastar pontos de sangue para aumentar seus atributos físicos.
Por fim, ela é imune a Disciplinas de dominação (embora haja o rumor de que os Tremere tenham um ritual com este mesmo efeito) e sempre apresenta uma aura de profundo vermelho escuro. Ela despreza os Membros e é incapaz de se alimentar deles, assim como os vampiros não podem se alimentar dela. Contudo, Gulfora nunca agiu contra os vampiros como um todo.

Natureza: Depravada
Comportamento: Bon Vivant
Físicos: Força 5, Destreza 5, Vigor 5
Sociais: Carisma 8, Manipulação 9, parência 10
Mentais: Percepção 5, Inteligência 5, Raciocínio 5
Talentos: Atuar 5, Empatia 5, Intimidação 5, Sedução 10, Subterfúgio 5
Habilidades: Etiqueta 5
Conhecimentos: Ocultismo 5
Disciplinas: Auspícios 5, Dominação 5 (apenas em homens), Ofuscação 5, Presença 5, Taumaturgia 6
Antecedentes: Rebanho 5, Lacaios 2
Virtudes: Consciência 0, Autocontrole 0, Coragem 0
Humanidade: 0
Força de Vontade: 10

Observações: Embora Gulfora se sinta incomodada por símbolos religiosos, os mesmos não são capazes de ferí-la. Ela também não sofre dano pelo sol ou pelo fogo, mas evita a ambos. Embora não seja um grande oponente em combate físico, seu nível extra de taumaturgia a permite ficar insubstancial quando quiser. Ela também pode viajar neste estado insubstancial. Por fim, sua Dominação só funciona com homens (sim, homens vampiros também)
Imagem: tão bonita quanto quiser ser. Não se importe em descrever suas roupas, ela não usa nenhuma roupa.
Dicas de interpretação: Tudo que você faz é tão provocativo e sensual quanto possível
Refúgio: O museu de Ciência e indústria. Ela também vive nos esgotos abaixo da cidade. Os Nosferatu sabem que algo a mais vive nos esgotos junto com eles, mas não tem ideia do que ou quem seja. Há rumores entre os Membros sobre a existência de um monstro que vive embaixo das ruas, embora poucos acreditariam que uma criatura como Gulfora possa existir
Segredos: A
Influência: Controle completo sobre quase qualquer homem. Na verdade um de seus Lacaios atuais é um lobisomem que ela corrompeu durante o ataque lupino na cidade.

Fonte: Chicago by Night 2nd ed págs 150 e 151

Nenhum comentário:

Postar um comentário