sábado, 29 de dezembro de 2012

Aleister Crowley (A Grande Besta)



Por incrível que pareça, é um personagem oficial
Aleister Crowley (A Grande Besta)

            “Faça o que quiser, será tudo da lei”, esta foi sempre a frase preferida de Crowley e a que guiou sua vida desde o começo. Rebelando-se contra a repressora convenção moral e social da classe média vitoriana, ele por seu comportamento escandalizou a sociedade nas primeiras décadas do século 20. Crowley era também um fervoroso estudioso do oculto e um proeminente membro da Ordem da Aurora Dourada. Depois de um desentendimento, ele deixou a ordem e fundou sua própria ordem, a Ordem da Estrela de Prata. Dito como tendo quebrado todas as leis morais e judiciais, foi acusado de canibalismo, assassinato ritualístico e outros crimes ainda piores, mas nenhum de seus seguidores pode ser persuadido a testemunhar contra ele, por medo de uma vingança realizada com magia. Ele afiou seus dentes, clamou ser o anticristo e se deleitava na reputação como o homem mais maligno do mundo.
            Tudo isso fez dele um candidato natural para o clan malkaviano, e uma ferramenta perfeita para que Mithras o usasse contra os Tremere. Por meio de alguma manobra astuta e um pouco de Dominação aqui e ali, um malkaviano foi induzido a abraçar Crowley, prometendo acesso a segredos maiores, além de um êxtase maior do que qualquer outro que já tenha sentido. Por um período, Crowley ficou convencido de que tinha sido adotado por um poderoso clan vampírico conhecido como Tremere, e como Mithras esperava, seus excessos chocaram tanto os mortais como os próprios vampiros, ameaçando a máscara em numerosas ocasiões, causando profundo embaraço aos Tremere, tanto na Inglaterra como no resto do mundo. Ele continuou a viver abertamente como líder de diversos cultos e seitas, e suas aparições durante o dia confundiam e preocupavam todos os membros – haveria ele encontrado alguma forma de sobreviver a luz solar ou conseguiu algum sósia carniçal para tomar seu papel?
            Uma noite, Crowley recebeu uma visita de 3 homens vestidos de forma sóbria e que clamaram ser representantes do clan Tremere. O que ocorreu em seguida deixou Crowley severamente enfraquecido e seus homens inescapavelmente insanos, mas os agressores foram afastados. Crowley se escondeu, e passou algum tempo tentando localizar seu senhor. Inicialmente queria proteção, mas então começou a perceber que havia sido enganado de alguma forma – ele passou a exigir a verdade. Crowley havia anteriormente dominado a arte de cavalgar o frenesi, e usou a totalidade de seu poder terrível para sobrepujar seu assustado senhor. Depois de descobrir a verdade, destruiu seu senhor e bebeu seu sangue – um ato de pura raiva, uma vez que nada sabia a respeito da diablerie, mesmo assim um ato que aumentou consideravelmente seu poder.
            Procurando sua recém encontrada família entre os malkavianos, Crowley foi capaz de uní-los o suficiente para retaliar ataques Tremere. Nos últimos 40 anos ele se devotou a vingança contra os Ventrue e Tremere. Entretanto os Malkavianos eram mais difíceis de lidar do que qualquer um de seus seguidores mortais, e as vezes Crowley era distraído por outros assuntos, assim o resultado de sua campanha foi inconsistente e frequentemente bizarro. Um dos útimos atos de Mithras antes de seu desaparecimento foi convocar uma caçada de sangue contra Crowley. Alguns nervosamente se perguntam de Crowley conseguiu destruir o príncipe.
            Na verdade Crowley não tem idéia do que aconeteceu com Mithras, embora desfrute enormemente do medo e incerteza que agora o cercam. Ele considerou adequado forjar a própria morte algumas décadas atrás, e agora vive uma existência nos bastidores (metaforicamente falando), dividindo seu tempo em orgias pseudo-ocultistas e atos de terrorismo contra os beligerantes Tremere e Ventrue.Ambos os clans agora suspeitam de terceiros tendo controle sobre o louco, e alguns chegam a se perguntar se a Besta o dominou por completo.

Senhor: Achadramenos
Clan: Malkaviano
Natureza: Rebelde
Comportamento: Depravado
Geração: 6ª
Abraço: 1930 (nascido em 1875)
Idade aparente: 50

Físicos: Força 6, Destreza 3, Vigor 3
Social: Carisma 5, Manipulação 7, Aparência 2
Mental: Percepção 3, Inteligência 4, Raciocínio 6

Talentos: Atuar 3, Esportes 3, Prontidão 4, Intimidação 6, Intriga 3, Liderança 5, Sedução 4, Subterfúgio 4

Habilidades: Condução 2, Debater 3, Persuasão 4, Herbalismo 2, meditação 3, Pesquisa 3, Furtividade 4

Conhecimentos: Astrologia 4, Segredos da Cidade 3, Investigação 2, Conhecimento sobre membros 6, Direito 2, Linguística 3, Conhecimento sobre magos 5, ocultismo 7, Conhecimento sobre espíritos 5, teologia 4

Disciplinas: Auspícios 3, Ofuscação 2, Dominação 5, Presença 6, Taumaturgia 4 (Trilha do Sangue 4, Sedução das Chamas 4, Taumaturgia Espiritual 4, Trilha da Conjuração 2)

Antecedentes: Aliados 2, Contatos 2, Fama 3, Rebanho 3, Recursos 4, Lacaios 2, Status 3

Virtudes: Consciência 2, Autocontrole 1, Coragem 4

Qualidades: Berserker, Biblioteca de Ocultismo, Imune ao laço de sangue
Defeitos: Vingança (Ventrue e Tremere), Inimigo (idem), Notoriedade

Humanidade 2
Força de Vontade 10

Pontos de sangue/Máximo por turno    30/6

Perturbações: Frenesi de sangue, Arrogância, Vingança, Loucura de poder

Notas: Aliados, Contatos e rebanho são do mundo ocultista, rebanho representa um culto ou seita que Crowley montou a seu redor. Dentre os Lacaios de Crowley está um sósia que Crowley fez de carniçal, é assim que acontecem as aparições durante o dia que tanto preocupam observadores cainitas

Imagem: Um homem corpulento de meia idade, de semblante forte mas com traços inegáveis de uma vida libertina. Há algo terrível em seus olhos. Certa vez Dee disse “A visão dos olhos de Crowley me perturba mais do que o nascer do sol”

Refúgio: Crowley mantém diversos cômodos secretos nas casas de seus seguidores mais abastados, e muitos outros nas ruínas abandonadas das casas de antigos seguidores. Muitas destas propriedades foram deixadas para uma ou outra Ordem mística que Crowley fundou, e foram deixadas em abandono a espera de instruções, ou tão amarradas em tramites legais para que nada jamais pudesse ser feitos com elas.

Dicas de Interpretação: Você ama causar choque, e também ama assistir a primeira vez que outra pessoa abandona as convenções. Você fala em tons moderados e cultos, mas com mais clara e obcena linguagem e idéias. Os outros devem reconhecer seu poder absoluto e se submeter a sua vontade, ou sumir da sua vista.

Post relacionado : Aisling Sturbridge 

Traduzido por Acodesh
Do livro World of Darkness págs 37 e 38

4 comentários:

Denim Sans Coeur disse...

Por onde você anda Acodesh seu marreco? por que você sumiu? nós temos que ver uma data pra rolar outro encontro cara, abraço.

New Vampiro Brasil disse...

Eu não sumi, só ando muito mais ocupado porque mudei de emprego e de cidade. Marcando alguma coisa é só me chamar.

Abraço

Denim Sans Coeur disse...

tá morando aonde agora? já casou com aquela menina?? heheheh =P abração.

Luk Ygnos Maxuel disse...

Agora estou muuuuuito longe. Não, ainda estou enrolando a moça hehe.

Abraços

Postar um comentário